1.400 presos em toda a Rússia por protestar contra a mobilização de Putin

GSete ministros das Relações Exteriores disseram que vão buscar novas sanções contra a Rússia, após a decisão do presidente Vladimir Putin de mobilizar reservistas para a guerra na Ucrânia.

Os ministros “deploraram as medidas deliberadas de escalada russa, incluindo a mobilização parcial de reservistas e uma retórica nuclear irresponsável”, disseram em comunicado.

O G7 “perseguirá novas sanções direcionadas e está comprometido com uma pressão econômica e política sustentada sobre a Rússia”, disseram eles após uma reunião à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas.

“Vamos estudar, adotaremos novas medidas restritivas, tanto pessoais quanto setoriais”, disse o chefe de política externa da UE, Josep Borrell, que participou da reunião, a repórteres na quarta-feira, após uma reunião com seus colegas europeus.

Os ministros também repetiram uma promessa feita no início de setembro de “finalizar os preparativos” para a implementação de um teto de preço do petróleo russo.

Leave a Comment