Disney + faz história no MCU com o primeiro projeto sem vilão

Especial de Natal dos Guardiões da Galáxia vem como um dos passeios mais exclusivos do MCU, estabelecendo um novo padrão também da perspectiva do vilão.

Ao longo da lista da Fase 4 do MCU, os fãs tiveram outra rodada de vilões de primeira linha com inúmeros laços com o passado e o presente da Marvel.

Homem-Aranha: Sem Caminho de Casa trouxe de volta cinco antagonistas icônicos, principalmente a opinião de Willem Dafoe sobre o Duende Verde, ao trazer outra rodada de caos para um novo Homem-Aranha lidar. Antes disso, os dois primeiros projetos da Fase 4 remontavam aos primeiros dias do MCU, com o verdadeiro mandarim chegando em Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis e Dreykov entrando na luz em Viúva Negra.

Disney + também teve seu quinhão de grandes males icônicos, da poderosa bruxa Agatha Harkness em WandaVision ao icônico Rei do Crime de Vincent D’Onofrio em Gavião Arqueirocom mais desses antagonistas a caminho na Fase 5 também.

No entanto, como a Fase 4 termina com os Guardiões Especial de feriadoesta nova entrada do Disney+ se torna o primeiro projeto MCU da história a fazer a ligação que faz em relação a um vilão.

Disney+ define nova marca do MCU sem vilão

Star-Lord e Drax em Guardiões da Galáxia Especial de Natal
Maravilha

Durante uma entrevista à Variety, o diretor do MCU, James Gunn, confirmou que Especial de Natal dos Guardiões da Galáxia não tem um vilão, tornando-se o primeiro projeto MCU da história a ficar sem um antagonista.

Gunn revelou que “não há nenhum cara mau neste aqui,” relembrando como todos os outros projetos do MCU apresentaram pelo menos um inimigo:

“Uma coisa legal sobre isso é que não há bandido neste. Não houve nenhuma história da Marvel que eu me lembre onde não houvesse algum tipo de bandido.”

Alguns filmes e programas do MCU seguiram a linha de incluir personagens que não são vilões absolutos com argumentos fundamentados. Este é particularmente o caso no Pantera negra franquia, com o novato do MCU, Tenoch Huerta, argumentando que o Namor da sequência não é realmente um vilão.

Alguns podem até argumentar com as motivações de Thanos, de um certo ponto de vista. No entanto, o Especial de feriado agora se torna oficialmente o primeiro projeto MCU a não apresentar uma força vilã.

Gunn então explicou que ele “escreveu um tratamento” com outra ameaça maior para os Guardiões enfrentarem, que incluía até Kevin Bacon “[jumping] ao redor e… realizando acrobacias de ação.” Mas no final, não houve interesse de Gunn naquela ameaça maior, levando-o a fazer algo muito mais pessoal:

“Antes de escrever o roteiro, escrevi um tratamento, e no tratamento havia essa outra ameaça. Acabei de perceber que não estava interessado nessa outra coisa. Havia uma sequência de ação no final em que Kevin Bacon pulava e estava realizando acrobacias de ação, o que teria sido muito legal, mas a ameaça não me interessou nem um pouco. O que me interessou foi a interação entre os personagens. Então, cortei isso e fiz uma história sobre pessoas.

Gunn também revelou que escreveu o especial “em três dias” enquanto ele trabalhava Guardiões da Galáxia Vol. 3observando como foi fácil devido às apostas serem tão baixas:

“Com toda a honestidade, escrevi o especial em três dias. Literalmente, não havia notas da Marvel e nada mudou, exceto que ocasionalmente adiciono coisas enquanto estamos filmando. Foi muito fácil e continuou fácil o tempo todo e isso foi ótimo porque “Vol. 3 é realmente muito emocionante. Filmamos os dois simultaneamente, então filmar “Vol. 3″ por alguns dias, o que foi difícil, e então ter um dia de folga para filmar este show foi divertido. Porque as apostas em isso foi baixo. Foi apenas pateta.”

Gunn mencionou como foi difícil filmar o terceiro e último guardiões filme estava em entrevistas anteriores, descrevendo previamente o processo como “tortura.”

Marcas especiais dos Guardiões Ocorrência única do MCU

Considerando o Especial de feriado está amplamente focado em comemorar as festas de fim de ano, não é muito chocante ver que não há vilão para os Guardiões enfrentarem.

O primeiro trailer do especial provocou como a equipe estava procurando dar a Peter Quill um Natal especial com seus pensamentos em Gamora após seu desaparecimento. Combine isso com a natureza do projeto como uma história alegre, e ficou claro para Gunn que não havia necessidade de um cara mau que os Guardiões teriam que lutar para salvar o Natal.

Felizmente, a equipe não terá escassez de antagonistas avançando, já que Chukwudi Iwuji está definido para jogar com seu inimigo mais desafiador até agora, o Alto Evolucionário, em Guardiões da Galáxia Vol. 3.

Esse filme vai estrear nos cinemas em 5 de maio de 2023.

Leave a Comment