Hacker holandês tentou vender dados pessoais de ‘presumivelmente todos os cidadãos’ na Áustria, dizem policiais

Um hacker holandês de 25 anos colocou à venda online os dados pessoais do que se acredita ser toda a população da Áustria, informou a Reuters na quarta-feira, citando a polícia austríaca. O indivíduo não identificado ofereceu os dados – incluindo “nome completo, sexo, endereço completo e data de nascimento de presumivelmente todos os cidadãos” do país – em um fórum online em maio de 2020, informou a polícia em comunicado. O hacker foi preso em um apartamento em Amsterdã em novembro passado, mas não antes que atores desconhecidos tivessem pago pelos dados, disse a polícia. “Como esses dados estavam disponíveis gratuitamente na Internet, deve-se presumir absolutamente que esses dados cadastrais estão, no todo ou em parte, irrevogavelmente nas mãos de criminosos”, dizia o comunicado. Os investigadores confirmaram a autenticidade dos quase nove milhões de conjuntos de dados e descobriram que o hacker também tentou vender conjuntos de dados “semelhantes” da Itália, Holanda e Colômbia online. As autoridades austríacas disseram que não tinham mais detalhes sobre esses outros conjuntos e não estava claro se eles foram vendidos.

Leia em Reuters

Leave a Comment