Homens lutam para fugir da Rússia em vez de lutar na Ucrânia | Mundo

De Moscou às profundezas da Sibéria, homens russos em idade de lutar estão lutando para fugir do país depois que o presidente Putin anunciou que reservistas militares seriam enviados para a Ucrânia. Para alguns, já é tarde demais.

“Eu disse adeus à minha esposa e filha”, disse Sergei, 49, depois de ter sido convocado por oficiais da Buriácia, uma região remota no leste da Sibéria. “As pessoas me perguntam para onde estou indo. Eu digo a eles que estou indo para a frente.”

O anúncio de Putin na quarta-feira de uma mobilização nacional causou ondas de choque na Rússia e provocou os maiores protestos desde os primeiros dias da guerra. Apesar da promessa de Sergei Shoigu, o ministro da Defesa, de que apenas homens com experiência em combate seriam convocados para lutar, oficiais de recrutamento militar aparentemente

Leave a Comment