Não fazer nada? Use estas 8 dicas psicológicas para aumentar a produtividade

Os humanos adoram listas de tarefas. Verificar as coisas nos faz sentir bem, e nosso desejo de sempre alcançar resultados cresce. Como resultado, colocamos muita pressão sobre nós mesmos para sermos produtivos. Mas quando atrasamos as coisas, ansiedade, esgotamento e estresse podem ocorrer.

A produtividade é mais do que apenas terminar uma lista de tarefas. É uma mentalidade – quanto mais mentalmente preparados estamos para a produtividade, mais alcançamos e menos estresse sentimos. Para ajudar você a começar, reunimos uma lista de oito dicas que ajudam a transformar sua mentalidade e a aumentar sua produtividade no trabalho e na vida.

Você sabia que a forma como você come e pensa pode ter um grande impacto na sua saúde, felicidade e produtividade? Confira estes sete alimentos que te fazem feliz e seis exercícios de pensamento que podem melhorar sua saúde mental.

Use essas dicas para aumentar sua produtividade

Muitos pensam que a psicologia serve apenas para tratar saúde mental questões, mas também tem muito a dizer sobre como lidamos com os pequenos detalhes do nosso dia a dia. Aqui estão oito dicas de produtividade você pode usar para mudar sua perspectiva e fazer mais.

1. Comece organizando seus pensamentos

Onde há uma mente desorganizada, geralmente há um ambiente desorganizado… e vice-versa. Muitas vezes, nos sentimos sobrecarregados e improdutivos simplesmente porque tudo o que podemos ver é a pilha de tarefas inacabadas à nossa frente.

Se é aí que você está começando, respire fundo. Simplesmente executar as tarefas provavelmente não vai ajudar e pode piorar as coisas. É melhor começar limpando a cabeça e organizando os pensamentos.

A pesquisa do Conselho Nacional de Envelhecimento mostrou que a desorganização mental tende a criar mais estresse e comportamento impulsivo, nenhum dos quais ajuda você a ser produtivo. Portanto, antes de abordar sua lista de tarefas, por que não reservar um momento para pensar, registrar, orar ou meditar para organizar seus pensamentos? Se você começar a organizar suas tarefas com clareza e propósito, será muito mais eficaz na elaboração de um plano.

2. Planeje seu dia (ou semana)

Você provavelmente conhece a sensação. Você trabalha e trabalha, mas nunca parece fazer nada importante. Isso porque você cedeu à tirania do urgente.

Aqui está a verdade: você nunca terminará tudo o que poderia fazer. Sempre há algo mais para resolver ou alguém para lhe dizer o que precisa ser feito. Em vez de jogar maluco todos os dias, você precisa de um plano que o ajude a realizar o que é mais importante.

Planejar seu dia ou sua semana é um exercício de disciplina mental. Exige que você considere o que é mais importante para você, seja no trabalho ou na vida pessoal, e agende tarefas que reflitam essas prioridades. Pense nisso como uma oportunidade de verificar com você mesmo e certificar-se de que está gastando bem o seu tempo.

Agenda organizada com stickies codificados por cores

Olga PS/Getty Images

3. Comece com algo fácil

Se você está se perguntando como ser mais produtivo, geralmente não é uma boa ideia adiar as tarefas maiores e mais difíceis em favor das mais fáceis. Na verdade, uma pesquisa da Emory University mostra que as pessoas que geralmente lidam com grandes tarefas primeiro são mais produtivas em geral.

Dito isso, quando você está inicialmente tentando fazer as engrenagens da produtividade girarem, pode ser útil começar com uma ou duas tarefas fáceis. Verificar algumas coisas rápidas da sua lista pode lhe dar uma sensação de realização e estabelecer o impulso suficiente para ajudá-lo a seguir em frente.

Depois de obter essa onda de realização, porém, não fique preso nas tarefas fáceis. Pegue essa energia e use-a para fazer algo grande.

4. Divida tarefas grandes em tarefas menores

Quando você se volta para um trabalho mais complexo, é fácil ficar sobrecarregado com o esforço necessário. Quando a linha de chegada parece distante, você pode ficar tentado a desistir ou simplesmente voltar a verificar pequenas tarefas.

O truque aqui, de acordo com a pesquisa da Emory, é transformar essas grandes tarefas em pequenas. Pegue o objetivo final do seu projeto e divida-o em etapas pequenas e gerenciáveis ​​que você pode realizar uma a uma.

Por exemplo, digamos que você queira planejar uma grande viagem para sua família. Você não pode acertar todos os detalhes de uma vez, então tente separá-los. Talvez seu primeiro objetivo seja pesquisar sua rota e lugares para ficar para que você possa fazer um orçamento para as despesas de viagem. Comece por aí e passe para a próxima tarefa importante.

Dividir grandes tarefas em tarefas pequenas e gerenciáveis ​​ajudará você a se manter motivado para continuar, pois proporciona aqueles pequenos momentos de realização. E a motivação é um fator psicológico chave para se manter produtivo.

5. Crie limites para você e para os outros

Nos ambientes de trabalho de hoje, estamos constantemente distraídos. Projetos de locais de trabalho abertos e ferramentas de comunicação digital nos fazem sentir que devemos estar constantemente disponíveis para nossos colegas. Mas essa disponibilidade constante pode ter um grande custo quando se trata de produtividade.

Uma pesquisa da Universidade da Califórnia, em Irvine, demonstra o quão caro até mesmo distrações simples podem ser. Os resultados mostraram que o trabalhador médio leva mais de 23 minutos para recuperar o foco depois de se distrair.

O que podemos aprender com isso? Se você quer ser produtivo, é importante minimizar as distrações para maximizar o foco. E fazer isso exige que você estabeleça alguns limites. Desative as notificações, saia das redes sociais e avise seus colegas de trabalho quando você não estiver disponível. Experimente por uma semana e veja o quanto mais você pode fazer. Você pode descobrir que fica menos estressado quando tira um momento para relaxar com um colega.

6. Peça ajuda quando precisar

Só porque você está se tornando um mestre da produtividade, não significa que não precisará de ajuda de vez em quando. Se você tem muito trabalho ou precisa passar algumas tarefas que não se encaixam em sua experiência, envolver outras pessoas pode ajudá-lo a se manter produtivo agora e no futuro.

Por exemplo, digamos que você esteja sobrecarregado criando planilhas necessárias para um projeto importante. Sua experiência não está em planilhas, mas em criar apresentações. Se você passar as planilhas para um colega que é um guru do Excel, ele fará essa parte do trabalho melhor e permitirá que você se concentre na criação de uma ótima apresentação.

Em última análise, a delegação pode reduzir o estresse e liberar espaço mental para que você possa se concentrar nas tarefas que mais importam para você.

7. Parabenize-se quando realizar coisas

O caminho para se tornar mais produtivo é longo e é preciso muita força mental para manter o curso. Ao longo do caminho, você realizará muitas coisas, pequenas e significativas. Reserve um tempo para reconhecer o que você fez de vez em quando.

Se você nunca parar para se dar um tapinha nas costas, corre o risco de ficar muito focado em se manter produtivo. Quando você está sempre olhando para a próxima coisa em sua lista, pode acabar voltando para onde começou: sobrecarregado e esgotado. Comemore suas realizações para que você possa manter sua motivação alta.

Mulher sorrindo e batendo palmas parabenizando a si mesma.

AaronAmat/Getty Images

8. Consiga coisas para si mesmo

A melhor maneira de evitar ser pego na roda interminável da produtividade é certificar-se de incluir algumas coisas que você ama na mistura.

Não se trata apenas de respirar, embora isso seja importante. A pesquisa mostra que os trabalhadores são mais produtivos quando estão felizes. Priorizar alguns de seus próprios hobbies e interesses pode reabastecer seu tanque e ajudá-lo a se manter motivado e focado para que você faça o seu melhor trabalho quando chegar a hora.

A linha de fundo

Seguir essas dicas de produtividade psicológica ajudará você a recuperar o foco e a fazer mais. Lembre-se de que a produtividade não é tudo. O esgotamento pode levar a sérios problemas físicos e saúde mental, por isso é importante ficar atento aos sinais. Quando você fica obcecado com a lista de tarefas diárias, provavelmente é um bom sinal de que é hora de fazer uma pausa. Em última análise, você será mais produtivo a longo prazo.

Uma saúde mental forte é fundamental para sua saúde e bem-estar geral. Para obter mais informações sobre como manter sua mente em boa forma, confira estes dicas para aliviar a ansiedade antes de dormir e perguntas a fazer quando você está procurando um terapeuta.

As informações contidas neste artigo são apenas para fins educacionais e informativos e não se destinam a aconselhamento médico ou de saúde. Sempre consulte um médico ou outro profissional de saúde qualificado em relação a qualquer dúvida que possa ter sobre uma condição médica ou objetivos de saúde.

Leave a Comment