Qual é o livro mais longo do mundo? | Notícias inteligentes

Parte de trás do ONEPICE

UMA PEDAÇO por Ilan Manouach
Cortesia de JBE Books

O artista Ilan Manouach juntou 21.450 páginas do popular quadrinho japonês “One Piece” para criar uma escultura que comenta a mercantilização dos quadrinhos. E, ao fazê-lo, ele criou o que se acredita ser o livro mais longo de todos os tempos – tão longo, na verdade, que é fisicamente impossível de ler.

O projeto de arte conceitual, chamado UMA PEDAÇO, esgotou em poucos dias de seu lançamento no início deste mês. Manouach, em colaboração com sua Echo Chamber, sem fins lucrativos, com sede em Bruxelas, e a editora francesa JBE Books, disponibilizou 50 cópias assinadas e numeradas da escultura por US$ 1.893 (€ 1.900) cada. Cada livro pesava 37,5 libras e tinha uma lombada de 31,5 polegadas.

Manouach criou a arte para explorar o “cinturão de produção digital expandido” para quadrinhos, que se tornaram itens de alto valor para colecionadores e investidores, segundo seu site. O fato de que ninguém pode ler o livro é o ponto principal: Manouach desenvolveu UMA PEDAÇO “como objeto de pura especulação”.

“Os quadrinhos são objetos duplos”, escreve ele. “Eles têm um valor de uso – para os leitores – e um valor de troca para os colecionadores. Embora essas duas funções não estejam operando ao longo de uma divisão clara, às vezes elas correm opostas uma à outra.”

Páginas ONEPICE

O livro tem uma lombada de 31,5 polegadas.

Cortesia de JBE Books

Como Isaiah Colbert escreve para Minha caixaa escultura é “algo para se olhar enquanto você reflete sobre as taxas de oferta e demanda de mangás nas vitrines digitais online”.

Embora a escultura tenha proeminentemente as palavras “de Ilan Manouach” na frente, o autor e artista Eiichiro Oda é realmente responsável pela criação do mangá serializado “One Piece”, que apareceu na revista japonesa Shonen Jump todas as semanas desde 1997.

A história em quadrinhos segue o protagonista Luffy D. Monkey em suas aventuras como líder de um grupo de piratas. Em agosto, “One Piece” havia publicado mais de 500 milhões de cópias em todo o mundo, quebrando o Recorde Mundial do Guinness para a “Série de Quadrinhos Mais Publicada do Mundo por um Único Autor”, informou HypebeastJoyce Li. Com um patrimônio líquido estimado em cerca de US$ 200 milhões, Oda é o criador de mangá mais rico já registrado. E sua amada saga marítima aparentemente está chegando ao fim: Oda diz que a série está em seus estágios finais.

Frente do ONEPICE

O projeto comenta a mercantilização dos quadrinhos.

Cortesia de JBE Books

Manouach aparentemente não consultou Oda ou a editora do mangá sobre o projeto. Keita Murano, porta-voz da Shueisha, editora japonesa de “One Piece”, disse ao Guardião‘s David Barnett que a obra de arte “não é oficial”.

“Nós não damos permissão a eles”, diz ele.

Um porta-voz não identificado da JBE, editora da obra, disse ao Guardião que como a escultura é impossível de ler, ela não apresenta nenhum problema de direitos autorais.

“Esta peça é sobre o trabalho de Manouach em torno de ecossistemas de quadrinhos, aqui como um escultor que usa a divulgação online como fonte de material, não lendo conteúdo protegido por direitos autorais”, acrescenta o porta-voz.

Leave a Comment